Recadoseglitters.com
Recadoseglitters.com



PROVAÇÕES, como me comportar?
PROVAÇÕES, como me comportar?
PROVAÇÃO: Ato ou efeito de provar; ?situação aflitiva?.
 


 

















ASSUMIR ATITUDE DE ALEGRIA
Meus irmãos, considerem motivo de GRANDE ALEGRIA o fato de passarem por diversas provações, - pois vocês sabem que a prova da sua fé produz PERSEVERANÇA. - E a perseverança deve ter ação completa, a fim de que vocês sejam MADUROS E ÍNTEGROS, sem lhes faltar coisa alguma. Tiago 1. 2-4 (nvi).
O crente deve enfrentar essas provações com alegria (cf. Mt. 5. 11, 12; Rm. 5. 3; I Pe 1. 6), porque isso desenvolverá nele uma fé perseverante, uma personalidade experiente e uma esperança madura (cf. Rm. 5. 3-5). Nossa fé somente pode chegar à plena maturidade quando confrontada com dificuldades e oposição (vv. 3,4). (bep).

SUPORTAR PROVAÇÕES = ?SER FELIZ?
FELIZ é o homem que persevera na provação, porque depois de aprovado receberá a coroa da vida, que Deus prometeu aos que o amam. Tiago 1. 12 (nvi).
Depois de ter suportado vitoriosamente a provação. ?Coroa da vida?. Uma das recompensas ou galardões reservados para os crentes. Indica vida e glória dignas de rei. (ba).

NÃO DESISTIR NA HORA DA PROVAÇÃO
As que caíram sobre as pedras são os que recebem a palavra com alegria quando a ouvem, mas não têm raiz. Crêem durante algum tempo, MAS DESISTEM NA HORA DA PROVAÇÃO. Lucas 8. 13. (nvi).
Na interpretação da parabóla do semeador, por Cristo, Ele mostra com clareza que alguém pode ?crer? e iniciar uma sincera vida de fé mas desviar-se depois, por não resistir à tentação. (provação) (bep).

CRER QUE O SENHOR SABE LIVRAR
Vemos, portanto, que O SENHOR SABE LIVRAR os piedosos da provação e manter em castigo os ímpios para o dia do juízo. II Pe. 2.9(nvi)
Deus sabe como libertar seus servos fiéis do meio ambiente imoral e corrupto, em cada geração (cf. Mt. 6. 13; 2 Tm. 4. 18; Ap. 3. 10). (bep).
MANTER A PERSEVERANÇA
É na vossa perseverança que ganhareis a vossa alma. Lucas 21.19 (ara)
PERSEVERANÇA: Firmeza, constância na fé, nas virtudes.
Devemos engajar-nos na mais intensa e fervente devoção a Cristo através dos meios da graça, ou seja: a oração, o testemunho, o estudo da Palavra, a adoração, a comunhão cristã e a luta diária contra o pecado (ver Jo 15.6 nota). PERSEVERANDO na verdadeira fé, o crente alcança a vida eterna e triunfa em todas as circunstâncias. (bep).

SEREMOS MADUROS
Até que todos alcancemos a unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, e cheguemos à MATURIDADE, atingindo a medida da plenitude de Cristo. Efésios 4. 13 (nvi).
MADURO: Chegado ao seu pleno desenvolvimento.
?MADURO?, neste caso, no presente contexto, deve também significar ?perfeito?, ou seja, ?homem sem qualquer deficiência ou defeito?, porquanto nada menos do que isso concorda com o próprio texto, ao mesmo tempo que o vocábulo grego ?teleios? naturalmente tem esse significado, ainda que não tenha necessariamente tal sentido, podendo indicar apenas ?MADURO?, em contraste com ?infantil?, quando aplicado a seres humanos. (nti).

SEREMOS ÍNTEGROS
O Senhor cuida da vida dos ÍNTEGROS, e a herança deles permanecerá para sempre. Salmos 37. 18 (nvi).
ÍNTEGRO: Reto, incorrupto.
Portanto, a provação prova a nossa fé, que vai produzir perseverança e que por sua vez nos tornará maduros e ÍNTEGROS, e aquele que é ÍNTEGRO, será diretamente cuidado pelo SENHOR.

Pr.João da Cruz Parente
******************************************************
Recadoseglitters.com
Os Salmos de Libertação
(Salmo 31)
por Warren Berkley
Um dos nossos maiores benefícios no estudo dos Salmos é que somos capazes de, através destes belos poemas, aprender quanto Deus significava para Davi.  Especialmente quando estudamos a vida de Davi e então consultamos os Salmos para relacioná-los com suas experiências da vida, os Salmos se tornam uma rica fonte cheia de verdades construtivas e fortalecedoras sobre nosso Criador.

Por exemplo, Davi se achou freqüentemente em sofrimento.  Por causa de seu próprio pecado, ou como resultado de um malévolo inimigo, ele sofreu aflições repetidamente.  O modo como reagiu sob pressão se torna um bom estudo para nós.  E o testemunho de Salmos é que Davi estava predisposto a confiar em Deus quando estava sob pressão.  Esta é uma razão pela qual ele chamou Deus sua rocha, sua cidadela, libertador e escudo (Salmo 18:2).  Muitos dos Salmos entram nesta categoria.

O Salmo 31 poderia ser rotulado um salmo de libertação.  A provação de Davi é descrita junto com sua reação.

A provação de Davi.  Ele foi apanhado "no laço", ou seja, na armadilha dos seus inimigos (31:4) e cercado pela idolatria (31:6). Ele estava sofrendo aflição e angústia da alma (31:7) nas mãos de seus inimigos (31:8). Ele estava sendo caluniado e conspiravam contra ele (31:13). Ele disse: "Compadece-te de mim, Senhor, porque me sinto atribulado; de tristeza os meus olhos se consomem, e a minha alma e o meu corpo. Gasta-se a minha vida na tristeza, e os meus anos, em gemidos; debilita-se a minha força, por causa da minha iniqüidade, e os meus ossos se consomem. Tornei-me opróbrio para todos os meus adversários, espanto para os meus vizinhos e horror para os meus conhecidos; os que me vêem na rua fogem de mim" (31:9-11).

A reação de Davi a esta provação foi procurar refúgio no senhor. "Em ti, Senhor, me refugio; não seja eu jamais envergonhado; livra-me por tua justiça.  Inclina-me os ouvidos, livra-me depressa; sê o meu castelo forte, cidadela fortíssima que me salve. Porque tu és a minha rocha e a minha fortaleza; por causa do teu nome, tu me conduzirás e me guiarás. Tirar-me-ás do laço que, às ocultas, me armaram, pois tu és a minha fortaleza.  Nas tuas mãos entrego o meu espírito; tu me remiste, Senhor, Deus da verdade" (31:1-5). Por causa de sua predisposição de confiança no Senhor, esta foi a reação de Davi: pregar (31:23-24), louvar (31:19-21) e chorar ao Senhor seu Deus (31:22).

Quando nos encontramos no meio de uma provação desagradável, qual é nossa reação? Voltamo-nos, quase impulsivamente, para algum recurso mundano?  Enganamo-nos pensando que temos dentro de nós a capacidade para enfrentar e sermos corajosos (humanismo)?  Ou nos aproximamos de Deus e fazemos dele nosso refúgio?  Quando em angústia, não podemos fazer nada melhor do que confiar em Deus e olhar para seu semblante de amor e misericórdia.  Precisamos cultivar a mesma predisposição de confiança que observamos em Davi.

Lutero disse que este Salmo "é falado na pessoa de Cristo e seus santos, que são afligidos toda a sua vida, internamente pelo tremor e o alarme, externamente pela perseguição, a calúnia e o desprezo, por amor da palavra de Deus, e mesmo assim são livrados por Deus de todos eles e confortados."  Isto parece ter alguma base boa, desde que o Salvador crucificado usou palavras que começam no versículo 5, no momento de sua morte (veja Lucas 23:46; também, a messiânica interpretação do versículo 10 seria Cristo suportando os pecados do mundo).

O Salmo 31 é um dos muitos salmos de libertação, escritos para nos levar a uma união mais íntima com nosso Deus, para que possamos procurá-lo para nos ajudar e nos segurar.  Paul Earnhart, uma vez, observou a respeito dos Salmos: "Muito filho de Deus têm repousado seu coração nas orações daqueles antigos adoradores. Encontramos neles o eco de algum modo confortante de nosso desespero angustiado e sabemos que não somos os primeiros filhos de Deus a lutar a sós com temores. Nem os primeiros, nesse assunto, a conhecer uma alegria toda absorvente" (veja ainda o Salmo 116).

***************** ********************** ********************
Recadoseglitters.com

Gerson cardoso e Liriel "Cais"


>>.<<
.

5 comentários:

O Profeta disse...

Quebrei as cadeias do pensamento
Aprisionei o Mar numa gota de sal azul
Vendi os sonhos aprisionados em minhas mãos
Sentei-me para contemplar um pássaro voando para sul

Nua, és azul como as colinas da ilha
Uma baía que acolhe o pranto
Um rio de todas as dores
Errantes são os pesares em céu de espanto

Terno beijo

Solange disse...

tenha uma excelente semana na presença de Deus..

bjs.Sol

Cadinho RoCo disse...

É pela perseverança que permitimos a expansão do amor em nós mesmos.
Cadinho RoCo

Vanuza Pantaleão disse...

E como diria Gilberto Gil, "a fé não costuma faíá".
Amiga querida, desejo-te uma semana maravilhosa!!!
Beijos

Ives disse...

Só podemos amar com o coração! abraços