A ciência comprova, as estrelas cantam,; Hinos de louvor ao Criador, como diz na sua Palavra.




No princípio criou Deus os céus e a terra.(Gênesis)

Onde estavas tu, quando eu lançava os fundamentos da terra? Dize-mo, se tens entendimento. (Jó 38.4)

Sobre que estão fundadas as suas bases [da terra] ou quem lhe assentou a pedra angular, quando as estrelas da alva, juntas, alegremente cantavam, e rejubilavam todos os filhos de Deus?

Por muito tempo so estudiosos pensanvam ser uma forma poetica de Jó falar da criação, mas era o Espírito de Deus falando do louvor de toda a criação, cumprindo-se a Palavra que diz : " Toda criação foi feita pra louvor de sua Glória"


Ele revela o profundo e o escondido. Conhece o que está em trevas, e com Ele mora a luz.(Daniel 2,22)

Para que se cumprisse o que fora dito pelo profeta, que disse: Abrirei em parábolas a minha boca; Publicarei coisas ocultas desde a fundação do mundo.(Mateus 13.35)

E ouvi toda a criatura que está no céu, e na terra, e debaixo da terra, e que está no mar, e a todas as coisas que neles há, dizer: Ao que está assentado sobre o trono, e ao Cordeiro, sejam dadas ações de graças, e honra, e glória, e poder para todo o sempre. (Apocalipse 5:13)

“Porque Deus, que disse: Das trevas resplandecerá a luz, ele mesmo resplandeceu em nosso coração, para iluminação do conhecimento da glória de Deus, na face de Cristo” (2 Coríntios 4.6).

Astrônomos gravam som das estrelas 

Cientistas gravaram o som de três estrelas semelhantes ao Sol usando o telescópio francês Corot.  
Segundo os pesquisadores, a gravação dos sons permitiu que se conseguisse captar pela primeira vez informações sobre processos que acontecem dentro das estrelas.
Os sons captados pelos cientistas revelam que as estrelas têm uma "pulsação" regular.
Também é possível perceber que o som de cada uma das estrelas é levemente diferente das demais. Isso acontece porque o som das estrelas depende da idade, tamanho e composição química de cada um dos astros.
A técnica de sismologia estelar, usada pelos cientistas nesta pesquisa, está tornando-se mais comum entre astrônomos, porque o som permite que se tenha uma idéia das atividades dentro das estrelas.
De acordo com o professor Eric Michel, do Observatório de Paris, a técnica já permitiu que pesquisadores tenham mais conhecimento sobre as estrelas.
"Esta é uma forma completamente nova de se olhar para as estrelas comparado com o que estava disponível nos últimos 50 anos. É muito animador", diz Michel.
O professor descobriu que a pulsação das estrelas é muito parecida com o que os cientistas imaginavam, mas há uma pequena variação.
Essa variação pode indicar que os astrônomos ainda precisam refinar suas teorias sobre evolução estelar.
Os pesquisadores publicaram os resultados da pesquisa na revista científica Science.
O professor Ian Roxburgh, do Queen Mary College de Londres, muitos cientistas estão tentando aperfeiçoar a técnica.
"Não é fácil. É como ouvir o som de um instrumento musical e depois tentar reconstruir a forma do instrumento", diz.
 ...
Davi entusiasmado com uma visão: “Quando contemplo os Teus céus, obra dos Teus dedos, e a lua e as estrelas que estabeleceste...”. 

 


( aqui tentei colocar o som, mas falhei, fico devendo)

Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação.( Tiago 1, 17)





As Crises de Jeremias
O serviço do Senhor é bastante duro; não é um papel indicado para qualquer pessoa. Pelo relato bíblico, parece que as pessoas que são mais usadas por Deus como instrumentos na obra dele passam por grandes aflições. Não é de admirar então que Paulo exortasse Timóteo para que se fortalecesse a fim de passar por tribulações: "Portanto, não se envergonhe de testemunhar do Senhor, nem de mim, que sou prisioneiro dele, mas suporte comigo os meus sofrimentos pelo evangelho, segundo o poder de Deus ... Suporte comigo os meus sofrimentos, como bom soldado de Cristo ... suporte os sofrimentos ..." (2 Timóteo 1:8; 2:3; 4:5). A palavra de Deus desmente as doutrinas de ''parar de sofrer'' que são promulgadas por determinadas igrejas de nossa época. A realidade das duras provações na vida cristã assusta vários discípulos que ficam abalados ao ponto de deixar de trabalhar para o Senhor. Será que nós também engolimos o mito de que a vida cristã deve ser livre de angústia?
A vida de Jeremias nos dá bastante auxílio para encarar bem os sofrimentos do servo do Senhor. Note as seguintes etapas da carreira dele:
O chamamento
Quando Deus chamou Jeremias para ser profeta (1:5), ele não queria aceitar: "Ah, Soberano Senhor! Eu não sei falar, pois ainda sou muito jovem" (1:6). O Senhor respondeu que ele lhe daria as palavras e que ele determinaria a programação (1:7). Também ele se comprometeu a estar com Jeremias: "Não tenha medo deles, pois eu estou com você para protegê-lo" (1:8). O Senhor também concedeu a Jeremias os recursos dos quais ele precisaria para resistir aos ataques dos inimigos: "E hoje eu faço de você uma cidade fortificada, uma coluna de ferro e um muro de bronze, contra toda a terra: contra os reis de Judá, seus oficiais, seus sacerdotes e o povo da terra. Eles lutarão contra você, mas não o vencerão, pois eu estou com você e o protegerei" (1:18-19). Deus já deixou Jeremias prevenido dos esforços dos oponentes, mas lhe deu plena certeza da presença dele para capacitá-lo a encarar todas as dificuldades.
A mensagem
Jeremias pregou ousadamente a mensagem que o Senhor lhe deu: "O meu povo cometeu dois crimes: eles me abandonaram, a mim, a fonte de água viva; e cavaram as suas próprias cisternas, cisternas rachadas que não retêm água" (2:13). Ele expôs a infidelidade e a insensatez do povo de Judá por ter abandonado a única fonte do bem e por ter corrido atrás dos ídolos vazios.
A primeira crise
A pregação corajosa da palavra do Senhor por Jeremias irritou muita gente que não queria que seus pecados fossem expostos e condenados. A pregação da palavra de Deus raramente conduz à popularidade. O tom de autoridade é desgostoso para o homem rebelde. As pessoas que ficam ressentidas com a mensagem perturbadora geralmente recorrem a medidas ou para calar o mensageiro ou para acabar com ele. Não era diferente com Jeremias. O Senhor revelou para Jeremias que os homens estavam tramando para matá-lo. Estes homens incluíram o pessoal da própria cidade dele, Anatote (veja 11:18-23).
Jeremias não entendeu a razão pela qual o Senhor deixou o caminho dos ímpios prosperar. Ele queria saber até quando a terra iria sofrer por causa da perversidade deles que Deus estava aparentemente tolerando. Era especialmente difícil para os santos no velho testamento porque não tinham nítida visão da vida eterna. Foi Cristo que "trouxe à luz a vida e a imortalidade por meio do evangelho" (2 Timóteo 1:10). Antes de Cristo, os fiéis esperavam bênção ou castigo nesta vida. Então quando o Senhor deixava os ímpios permanecerem impunes era bastante difícil para irmãos como Jeremias entender.
A resposta do Senhor à angústia de Jeremias era bem chocante. Ao invés de simpatizar e confortar, o Senhor repreendeu e desafiou. Respondeu de três formas: Œ"Se você correu com homens e eles o cansaram, como poderá competir com cavalos? Se você tropeça em terreno seguro, o que fará nos matagais junto ao Jordão?" (12:5). Deus estava repreendendo Jeremias por ter ficado tão preocupado com pouca provocação. Se ele nem conseguisse caminhar um quilômetro, vamos dizer, como é que ele iria agüentar a maratona? Nós devemos ter cautela para não sentir muita pena de nós mesmos, porque é bem provável que a situação piore e aí faremos o quê? Deus revelou que a situação já era pior do que ele imaginava: "Até mesmo os seus irmãos e a sua própria família traíram você e o perseguem aos gritos. Não confie neles, mesmo quando lhe dizem coisas boas" (12:6). Não eram apenas os compatriotas da cidade nativa que estavam tramando contra ele, eram os próprios familiares! Ele já passou por trechos angustiantes, mas a realidade ficou mais horrível ainda. Será que para nós também os atuais sofrimentos têm a finalidade de nos fortalecer a fim de suportarmos as verdadeiras angústias vindouras? Deus mostrou que os sofrimentos de Jeremias eram bem mais leves do que os dele mesmo: "Abandonei a minha família, deixei a minha propriedade e entreguei aquela a quem amo nas mãos dos seus inimigos. O povo de minha propriedade tornou-se para mim como um leão na floresta ..." (12:7-8). O que o Senhor estava passando era bem pior do que os sofrimentos de Jeremias, pois ele tinha que abandonar o que ele criou e tanto amou. Dificilmente refletimos no lado das decepções que o Senhor experimenta.
A segunda crise
Jeremias chegou ao ponto de sentir-se muito solitário por causa da rejeição quase universal que passou. "Todos me amaldiçoam", Jeremias reclamou, e afirmou que não tinha feito nada para merecer tal horror (15:10-11). "Jamais me sentei na companhia dos que se divertem, nunca festejei com eles. Sentei-me sozinho, porque a tua mão estava sobre mim e me encheste de indignação" (15:17). Foi bem duro para Jeremias ser excluído de tudo por causa da tarefa severa que ele possuía de anunciar a palavra do castigo. Ninguém queria se associar com ele. Por isso, Jeremias voltou-se contra o Senhor: "Por que é permanente a minha dor, e a minha ferida é grave e incurável? Por que te tornaste para mim como um riacho seco, cujos mananciais falham?" (15:18). Antes, Jeremias havia pregado que Deus era "fonte de água viva" (2:13), mas agora o chamou de riacho seco. Até mesmo grandes homens de Deus caem.
A resposta do Senhor à reclamação de Jeremias me surpreende. De novo, ao invés de simpatizar com Jeremias, o Todo-poderoso o desafiou: "Se você se arrepender, eu o restaurarei para que possa me servir; se você disser palavras de valor, e não indignas, será o meu porta-voz. Deixe este povo voltar-se para você, mas não se volte para eles" (15:19). O profeta havia fracassado e a solução era que ele se arrependesse da sua auto-compaixão rebelde e voltasse ao Senhor. Só assim ele seria o porta-voz do Senhor. Desde que ele já era o porta-voz do Senhor, esta promessa que ao se arrepender ele se tornaria o porta-voz significa que estas queixas contra o Senhor já havia tirado dele esta função. Deus estava lhe dando uma segunda chance, mas ele não deu ouvidos às reclamações. Ele não achou a situação insuportável para Jeremias, não. E depois ele repetiu as palavras do chamamento (15:20-21; veja 1:18-19), assim mostrando que as instruções de que Jeremias necessitava para vencer o desafio estavam já em suas mãos.
Auto-compaixão não faz com que o Senhor dê o braço a torcer. Jeremias estava tão triste por causa do seu isolamento, porém no próximo capítulo (16) Deus ordenou que ele não se casasse e que não fosse nem para velórios nem para festas. Estes mandamentos certamente teriam aumentado este sentimento de solidão que Jeremias passava, mas Deus decretou-os mesmo assim.
Aplicação
Temos que suportar sofrimentos. O cristianismo não é para pessoas moles. Somente pessoas com coragem e determinação resoluta terão a força necessária para prosseguir neste caminho. Cristo cria bons soldados não mimando-os, mas deixando-os passar por grandes dificuldades. A preparação militar, ou até mesmo o treino esportivo, é duro. Nenhum general orienta suas tropas dando-lhes o máximo de conforto e descanso. Nenhum técnico fortalece seus atletas sem dor e suor. Do mesmo jeito podemos nos preparar para passar por momentos duros na vida cristã, porque o Senhor quer que fiquemos fortes e firmes. Talvez nós já imaginamos que a vida é bem difícil, mas estas dificuldades podem ser designadas meramente como entrada às verdadeiras provações do futuro. Se já nos rendermos, como é que superaremos os desafios maiores?
O projeto do Senhor não é que paremos de sofrer nesta terra, mas que as angústias fortaleçam nossa fé ao ponto que fica "muito mais valiosa do que o ouro que perece, mesmo que refinado pelo fogo" e que resulta "em louvor, glória e honra, quando Jesus Cristo for revelado" (1 Pedro 1:7). Não importa a dureza dos momentos aqui, são leves e momentâneos em comparação com a "glória eterna que pesa mais do que todos eles" (2 Coríntios 4:17). Que aprendamos com Jeremias a suportar sofrimentos sem queixa e sem auto-compaixão!
Nota: As citações bíblicas neste artigo são da Nova Versão Internacional (NVI).
-por Gary Fisher


O destino dos apóstolos

Todos os apóstolos que andavam com Jesus morreram como mártires, com exceção de dois: Judas Iscariotes, que traiu Jesus e acabou se enforcando, e João, que após ser exilado na ilha de Patmos, obteve a liberdade e morreu de morte natural.

PAULO, que não era apóstolo oficialmente, foi considerado apóstolo do gentios por causa da sua grande obra missionária nos países gentílicos. Foi decapitado em Roma por ordem de Nero.
MATIAS, que ficou no lugar de Judas Iscariotes, foi martirizado na Etiópia.

SIMÃO, o zelote, foi crucificado.

JUDAS TADEU morreu como mártir pregando o evangelho na Síria e na Pérsia.

TIAGO (o mais jovem), pregou na Palestina e no Egito, sendo ali crucificado.

MATEUS morreu como mártir na Etiópia.

TOMÉ pregou na Pérsia e na Índia, sendo martirizado perto de Madras no monte de São Tomé.

BARTOLOMEU serviu como missionário na Armênia, sendo golpeado até a morte.

FILIPE pregou na Frígia e morreu como mártir em Hierápolis.

ANDRÉ pregou na Grécia e Ásia Menor. Foi crucificado.

TIAGO (o mais velho) pregou em Jerusalém e na Judéia. Foi decapitado por Herodes.

SIMÃO PEDRO pregou entre os judeus chegando até a Babilônia, esteve em Roma, onde foi crucificado com a cabeça para baixo.
www.universojovem.com / por Sidney Melo






Senhor Deus Todo poderoso
em glória e majestade
Nos deste vida pra vivermos 
glorificando Teu  grande nome
Senhor
 tem sido difícil pra Teus filhos 
suportarem tantas dores...
A iniquidade tem se multiplicado
o horror tem se estabelecido
apresa-te  ó Deus em socorrer-nos
Atentai Teus ouvidos aos gemidos 
que sobem deste vale de dor
Livra Senhor Teus inocentes das mãos perversas
Envia Teu Espírito consolador
a refrigerar os corações que sangram
As mães que seguram seus filhos sem vida
Ó Deus
tem misericórdia desta nação
que a cada dia se afasta mais de Tua vontade
Como filha reconheço que Teus Espírito chora
com gemidos inexprimíveis pela dor dos inocentes.
Ó querido Deus
daí consolo e paz aos que te necessitam
Apieda-te desta nação chamada Brasil
deste povo amoroso
que hoje chorar inconsolável
seus filhos amados
Maranata
ora vem Senhor Jesus
sara esse povo ferido
 Deus amado 
em nome do Teus filho Jesus Cristo. 
Amém.
Valquiria


.

" CARTA PARA JESUS"

-DESTINATÁRIO
Senhor Jesus Cristo
Morada Celestial
Único trono a direita de D’eus                                                               
Céu dos Céus

Itajubá, 31 de Julho de 2009. 

Querido e amado Senhor Jesus.
                                             
    Olá, meu amado e querido amigo e salvador. Tenho por ti um grande amor. E hoje resolvi escrever-lhe esta carta, talvez ela também seja a voz de algum outro irmão que esteja com vontade de lhe falar.
    Já faz muito tempo que o Senhor passou por aqui, e tenho lido muito a sua palavra, e lá tenho visto grandes maravilhas que operavas no tempo em que aqui esteve. Sabe Jesus! Hoje está tudo tão diferente por aqui. Logo depois que o Senhor voltou para o céu, o lugar onde está preparando uma morada para todos os que permanecerem fiéis, e eu não vejo à hora de chegar aí no céu e como dizia minha vovó, “estou igual à tartaruga com relógio nas costas”, mas acredite muita coisa não está funcionando como o esperado.
   Jesus! Acho bom voltares logo, antes que o homem se afunde ainda mais em um lamaçal de erros e pecados. Eu não quero lhe causar nenhuma tristeza, mas é que já não achamos mais pastores que possamos confiar e abrir nossos corações, então vou lhe contar algumas coisas que estão acontecendo por aqui, mas me prometa que não vai se entristecer demais, por favor!
    Olha Jesus! Depois que o Senhor foi embora, seus discípulos continuaram a fazer maravilhas como o Senhor havia feito e multidões se converteram, a igreja de Cristo se espalhou por todos os lugares, como era esperado por ti. É certo que ouve muita perseguição, mas a coisa funcionava direitinho. Sei que muitas passagens eles próprios já às relataram ao chegarem ao Seio de Abraão.
  Porém, uma sementinha má, que creio eu se chama GANÂNCIA, foi plantada no coração do homem, e pior foi que essa praga germinou. E com o crescimento da árvore da GANÂNCIA, o homem começou a fazer coisas que o Senhor não vai gostar nem um pouquinho. Mas devo lhe dizer, continue assentado em seu trono, pois pretendo ser breve nesta carta.
    Meu Senhor, o homem começou a odiar seu semelhante, mesmo tendo seu mandamento de amar uns aos outros, e ouve vezes que jogaram “uma tal” de bomba, que creia, o Senhor não vai gostar de saber o que é, em cima de cidades, onde milhares de vidas vieram a morrer. Por aqui cada um quer mandar mais do que o outro. Há! Já ia me esquecendo de lhe falar que os teus conterrâneos, eles foram os que mais sofreram, pois apareceu “um tal” de Adolf Hitler, que exterminou, acredite, mais de 6.000.000, sim, seis milhões de Judeus.
    A briga entre os irmãos homens ainda continua, mas quem mais sofre são as criançinhas, que perdem seus pais, e ficam sozinhas entregues aos marginais. Eu queria que não fosse assim, mas acho que a semente da GANÂNCIA sofreu uma mutação e deu outros furtos, tais como, prepotência; orgulho; individualismo; arrogância; ódio; e outros; que prefiro não falar, para não lhe magoar ainda mais.
   Agora se segure. Sabe a Igreja que o Senhor chama de a noiva do cordeiro? Ela não está pronta. No começo ela levou a sério esse negócio de ser a noiva do Cordeiro, mas com o passar dos tempos virou uma coisa de louco, ela, a igreja começou a se dividir, e surgiram denominações que nasceram de desobediência a pastores, pois eles brigavam com seus pastores e abriam suas próprias igrejas, acredita? Aí veio cada nome de Igreja que não vai acreditar, mas como o Senhor tem me mandado uns e-mails celestiais, e acredite, suas mensagens tem feito maravilhas por onde eu passo levando elas, gostaria que acessasse a internet e vá no google e digite “nomes de igrejas”, então verá que falo a verdade.
Mas por falar em mensagens, se segura de novo. Com as divisões nas igrejas, surgiram os chamados pregadores itinerantes, assim como o Senhor fazia junto com os irmãos Pedro, Tiago e João e por falar em João, eu não vejo a hora de lhe dar um abraço. Há! Só que esses pregadores, só iam nas igrejas para bater, levar fofoca, e cantar as irmãs, depois iam embora deixando o “pepino” na mão do pastor, eles se acham o “dono da cocada preta”, e aí começaram a cobrar para levar aquilo que o Senhor lhes dava de graça. 
    Não sei se devo pedir isso, mas dá uma parada de lhes enviar mensagens, aí eu quero ver. Acho isso um absurdo, cobrar para dar aquilo que ganharam de graça, vê se podeMeu amado Jesus! Sei que se lembra do dia que criou a terra. Eu sinto lhe informar que ela já não é mais a mesma, pois mesmo sabendo que depende dela para sobreviver, o bendito do homem está destruindo tudo, isso é que é “burrice”. E o pior que a própria natureza já deu sinais para que ele parasse, mandando terremotos, furacões, tufões, e até umas tsunami. Nem assim ele para de destruir a terra, sem falar na poluição que está acabando com a camada de ozônio. Hozana, ora vem Senhor Jesus. 
   Acho que é melhor voltar logoJesus, eu queria lhe pedir para nos ajudar de alguma maneira, pois tenho medo de que muitos se percam na busca desenfreada por riquezas terrena
   Bem, acho melhor terminar. Não que eu queira, mas aqui na terra ainda há dia e noite, e quando chega à noite, dá uma canseira!
   Mas quero que saiba de uma coisa. Ainda há por aqui um pequeno povo que não se corrompeu, que continua fiel a tua palavra, que ainda vai aos cultos por amor e não para aparecer. Um povo que gosta de cantar mesmo em meios as lutas, e ainda estão louvando o teu nome. Eles sabem que não são de açúcar e nem de papel, por isso nem chuva os segura. Quanto ao frio, eles nem se incomodam, ainda assim vão aos cultos.
     Olha meu Senhor, esse povo perto do número de habitantes que residem hoje na face da terra, é pequeno, mas o Senhor me ensinou que sua prioridade é com a qualidade e não com a quantidade, então fique tranqüilo que há neles muita qualidade. Mas os dias não tem sido fáceis para eles, talvez o Senhor pudesse abrir as janelas do céu mais uma vez sobre esses heróis dos últimos tempos, e mandar umas bênçãos extras, sabe como é, bênçãos nunca são demais. Eles merecem, pode crer. Inclusive certa vez a rainha da Inglaterra disse uma frase sobre eles, que marcou a história. Foi mais ou menos assim:
“Temo mais temor de um crente quando está com os joelhos no chão, do que dos canhões inimigos”.
  Jesus! Vou terminando por aqui e aguardo respostas suas. Como um cristão, vou continuar orando e peço que tenha paciência comigo, pois sei que preciso muito de sua ajuda.
     Embora tenha muito mais a lhe falar, vou ficando por aqui. 
Eu te amo.

     De seu filho.
  Pr. Alexandre Augusto Pereira 




Louvar é lembrar de tudo que Deus é e fez por nós e agradecê-lo por isso. O louvor é a resposta natural de quem ama a Deus. Ele fez grandes maravilhas!
Quando louvamos, lembramos que Deus está no controle. Nos momentos mais difíceis, quando tudo parece dar errado, louvar a Deus anima e fortalece. Somente Deus merece todo nosso louvor, porque somente ele nos salva e sustenta.
Louve a Deus!
Por meio de Jesus, portanto, ofereçamos continuamente a Deus um sacrifício de louvor, que é fruto de lábios que confessam o seu nome. 
Hebreus 13:15
...............................................................................................
https://youtu.be/y2xNYW99xHM

GRATIDÃO DEVEMOS TER TODOS OS DIAS E MOMENTOS POR TÃO GRANDE SALVAÇÃO!



Lascívia: que pecado é este? A Bíblia fala sobre esse pecado.




Na carta que Paulo escreveu aos Gálatas, ele fala de algumas das mais evidentes obras da carne, que fazem oposição ao Espírito de Deus. Entre elas está a lascívia (Gl 5.19, ARC). Este pecado é mencionado logo depois da prostituição e da impureza. E então, como entender o significado de lascívia?

Primeiro vamos ao texto grego, língua em que o Novo Testamento foi escrito. O termo grego para lascívia é alsegeia, que segundo a famosa Concordância de Strong, significa “luxúria desenfreada, excesso, licenciosidade, lascívia, libertinagem, caráter ultrajante, impudência, desaforo, insolência”.

O Comentário Bíblico Beacon, discorrendo sobre o texto de Gálatas 5.19, lança maior luz: “Trata-se de conduta temerária, escárnio desavergonhado dos padrões de decência pública ou até respeito próprio sem levar em conta o direito dos outros”.

Lascívia, portanto, é o pecado da sensualidade demasiada, do excessivo desejo pelo prazer sexual que se manifesta na falta de pudor, quer seja na forma de falar, de vestir ou de se portar. É o pecado do sexo ainda não consumado, mas já instalado na mente e coração.

A pornografia é uma forma de lascívia, tanto quanto as piadas imorais com conotação sexual também o são. Lascívia é um dos pecados mais cometidos hoje sobretudo nas redes sociais, com a exacerbada exposição do corpo em fotos ou vídeos. O abuso dos decotes, as roupas curtas ou justas ao corpo, delineando as curvas femininas ou os músculos masculinos são manifestações de falta de pudor e moderação.

E é triste perceber que não poucos cristãos estão manifestando essa obra carnal nas redes sociais (alguns até mesmo na igreja!), expondo o corpo sem pudor, sem decência e discrição, muitas vezes na clara intenção de despertar a libido naqueles que estão a observar.

No contexto secular, nota-se que as músicas de forró eletrônico, sertanejo universitário e funk, com seus hits de sucesso, estão saturadas de lascívia, visto que é dominante a linguagem vulgar, obscena, de duplo sentido, com foco quase que generalizado em práticas sexuais.

Lascívia nas redes sociais

Uma última palavra, e dirijo-me agora à homens e mulheres cristãos, é que legendas com versículos bíblicos ou discursos religiosos não cobrem o pecado da lascívia cometido em publicações nas redes sociais. Não adianta postar aquela selfie evidenciando o busto e depois escrever embaixo: “Deus é meu porto seguro”, pois definitivamente segurança em Deus não é o que sua foto sensual quer dizer!

Postar foto só de sunga na praia ou só de biquíni na piscina, muitas vezes em poses provocantes, com a legenda “Os que confiam no Senhor jamais se abalarão”, não serve para “abençoar” sua foto sensual, pois confiança inabalável em Deus nada tem a ver com sensualidade.

Na verdade, aqueles que tendo feito profissão de fé no Senhor Jesus, e conhecendo a Palavra de Deus expõem sensualidade e nudez e ainda usam a Bíblia sagrada para isso, estão pecando duas vezes! Precisamos ter temor pela Palavra e santificar o nome de nosso Pai celestial! (Mt 6.9)

Vigiemos, pois nosso corpo é santuário de Deus! (1Co 6.19-20). Contra o pecado da falta de moderação no trato com o corpo, existe o fruto do Espírito que é “temperança” ou “domínio próprio” (Gl 5.22). A Palavra de Deus ordena que nos vistamos com pudor e modéstia (1Tm 2.9).

Tenhamos domínio sobre nossa mente e sobre nosso corpo, para não nos afundarmos na lama da impureza e no precipício da prostituição; antes agrademos a Deus, conservando em pureza nosso espírito, alma e corpo (1Ts 5.23). Deus tudo vê!

Gostou do Artigo?…Compartilhe!

Por
 Lolô
 -








Obrigada Deus!

Sei que tudo contribui pra o bem dos Teus. 

Se venço ou perco, avanço ou retrocedo 

Se eu tiver de chorar, sorrir ou me ausentar 

é para Teus braços que corro e me recolho. 

És Senhor e tens soberania sobre tudo e todos. 

Criador, mantenedor e supridor de ar, água e pão, 

o amor e razão, estão em Ti, e por Ti seja o viver 

E todas as coisas que nos acrescenta dentro do sentir... 

Obrigada Senhor, porque existo e vives em mim. 

Perdoa-me se as vezes ao oferecer rosas 

os espinhos fazem sangrar, 

perdoa quando meu amar é egoísta 

e quer prazer e prazer, ao invés de doar e apaziguar. 

Quero dizer que o amo acima de tudo e Todos, 

ainda que não O saiba amar. 

Obrigada Deus, porque ainda sei sonhar 

e Tu me faz despertar pra mostrar o sol 

e a fidelidade do Teu amor. 

Obrigada Deus, por ontem e hoje 

...Pelo amanhã que sei, Tens preparado. 

Amém.

A melhor oração é o perfeito louvor de coração entregue com amor profundo, mergulhe na adoração. Aleluias ao supremo Salvador, Jesus o filho amado do Pai!




Versículos Bíblicos

Salmos, 138:7 - Se ando em meio à tribulação, tu me refazes a vida; estendes a mão contra a ira dos meus inimigos; a tua destra me salva.
Salmos 55:22 Confia os teus cuidados ao Senhor, e ele te susterá; jamais permitirá que o justo seja abalado
João, 14:1 - Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim.
Salmos, 27:14 - Espera pelo Senhor, tem bom ânimo, e fortifique-se o teu coração; espera, pois, pelo Senhor.
Jeremias 29:11 "Eu é que sei que pensamentos tenho a vosso respeito, diz o SENHOR; pensamentos de paz e não de mal, para vos dar o fim que desejais."
Salmos, 29:11 - O Senhor dá força ao seu povo; o Senhor abençoa com paz ao seu povo.
Romanos 8:38-39 Porque eu estou bem certo de que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as coisas do presente, nem do porvir, nem os poderes, nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura poderá separar-nos do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor.
Deuteronômio, 33:27 - O Deus eterno é a tua habitação e, por baixo de ti, estende os braços eternos; ele expulsou o inimigo de diante de ti e disse: Destrói-o.
Filipenses, 4:6 - Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças.



Filipenses, 1:6 - Estou plenamente certo de que aquele que começou boa obra em vós há de completá-la até o Dia de Cristo Jesus.

 PACIÊNCIA QUE PRODUZ EXPERIÊNCIA QUE TRAZ A ESPERANÇA



Em Romanos 5:3 e 4 diz:
“E não somente isto, mas também nos gloriamos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a paciência, E a paciência a experiência, e a experiência a esperança”

Às vezes passamos por algumas tribulações e não entendemos que ela pode nos ensinar muitas coisas.
Este texto de Paulo diz que a Tribulação produz paciência que por sua vez produz experiência e por fim temos a esperança.
Quantas vezes definimos planos e objetivos, mas no caminho encontramos tribulações e por falta de paciência desistimos.
Quando os planos e objetivos são traçados e aprovados por Deus, eles não serão esquecidos, mesmo que você desista o Senhor fará que você inicie novamente a caminhada, mas desta vez com PACIÊNCIA que automaticamente te mostrará as EXPERIÊNCIAS anteriores e você não cometerá os mesmo erros e isso te dará ESPERANÇA para continuar e concluir os planos e objetivos traçados.
O caminho que seguimos não é um mar de rosas e com certeza encontraremos tribulações, mas o que fará a diferença é como vamos agir diante delas, se desistiremos ou teremos PACIÊNCIA QUE PRODUZ EXPERIÊNCIA QUE TRAZ A ESPERANÇA.
(Daniel Thomaz)



Paciência na Bíblia

Espere no Senhor. Seja forte! Coragem! Espere no Senhor.
Salmos 27:14
Não diga: "Eu o farei pagar pelo mal que me fez!" Espere pelo Senhor, e ele dará a vitória a você.
Provérbios 20:22
Não só isso, mas também nos gloriamos nas tribulações, porque sabemos que a tribulação produz perseverança; a perseverança, um caráter aprovado; e o caráter aprovado, esperança.
Romanos 5:3-4
E não nos cansemos de fazer o bem, pois no tempo próprio colheremos, se não desanimarmos.
Gálatas 6:9
Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações, pois vocês sabem que a prova da sua fé produz perseverança. E a perseverança deve ter ação completa, a fim de que vocês sejam maduros e íntegros, sem que falte a vocês coisa alguma.
Tiago 1:2-4
Outros Versículos encontrados:
"Se alguém se aventurar a dizer a você uma palavra, isso tirará a sua paciência? Mas quem pode refrear as palavras?
Jó 4:2
"Que esperança posso ter, se já não tenho forças? Como posso ter paciência, se não tenho futuro?
Jó 6:11
Descanse no Senhor e aguarde por ele com paciência; não se aborreça com o sucesso dos outros nem com aqueles que maquinam o mal.
Salmos 37:7
A sabedoria do homem lhe dá paciência; sua glória é ignorar as ofensas.
Provérbios 19:11
Com muita paciência pode-se convencer a autoridade, e a língua branda quebra até ossos.
Provérbios 25:15
Disse então Isaías: "Ouçam agora, descendentes de Davi! Não basta abusarem da paciência dos homens? Também vão abusar da paciência do meu Deus?
Isaías 7:13
Tu me conheces, Senhor; lembra-te de mim, vem em meu auxílio e vinga-me dos meus perseguidores. Que, pela tua paciência para com eles, eu não seja eliminado. Sabes que sofro afronta por tua causa.
Jeremias 15:15
é isto que está sendo falado: "O Espírito do Senhor perdeu a paciência? É assim que ele age?" "As minhas palavras fazem bem àquele cujos caminhos são retos.
Miquéias 2:7
"O servo prostrou-se diante dele e lhe implorou: 'Tem paciência comigo, e eu te pagarei tudo'.
Mateus 18:26
"Então o seu conservo caiu de joelhos e implorou-lhe: 'Tenha paciência comigo, e eu pagarei a você'.
Mateus 18:29
Ou será que você despreza as riquezas da sua bondade, tolerância e paciência, não reconhecendo que a bondade de Deus o leva ao arrependimento?
Romanos 2:4
E se Deus, querendo mostrar a sua ira e tornar conhecido o seu poder, suportou com grande paciência os vasos de sua ira, preparados para a destruição?
Romanos 9:22
Se somos atribulados, é para consolação e salvação de vocês; se somos consolados, é para consolação de vocês, a qual dá paciência para suportarem os mesmos sofrimentos que nós estamos padecendo.
2 Coríntios 1:6
em pureza, conhecimento, paciência e bondade; no Espírito Santo e no amor sincero;
2 Coríntios 6:6
Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade,
Gálatas 5:22
sendo fortalecidos com todo o poder, de acordo com a força da sua glória, para que tenham toda a perseverança e paciência com alegria,
Colossenses 1:11
Portanto, como povo escolhido de Deus, santo e amado, revistam-se de profunda compaixão, bondade, humildade, mansidão e paciência.
Colossenses 3:12
Mas por isso mesmo alcancei misericórdia, para que em mim, o pior dos pecadores, Cristo Jesus demonstrasse toda a grandeza da sua paciência, usando-me como exemplo para aqueles que nele haveriam de crer para a vida eterna.
1 Timóteo 1:16
Mas você tem seguido de perto o meu ensino, a minha conduta, o meu propósito,  a minha fé, a minha paciência, o meu amor, a minha perseverança,
2 Timóteo 3:10
Pregue a palavra, esteja preparado a tempo e fora de tempo, repreenda, corrija, exorte com toda a paciência e doutrina.
2 Timóteo 4:2

O CASAMENTO




"Venerado seja entre todos o matrimonio e o leito sem mácula; porem aos que se dão ã prostituição e aos adúlteros Deus os julgará." Heb. 13:4

Hoje, há falta de respeito para as coisas que Deus criou. O plano de satanás é destruir tudo, item por item, que Deus fez.
Deus criou a terra, mas o homem procura a destruí-la. No fim do mundo Jesus vai destruir os que destroem a terra. Apoc. 11:18.
Deus criou as nações; satanás as engana. Apoc. 12:9; 20:8.
Deus criou a igreja; satanás procura destruí-la.
Deus criou a família também. Satanás procura destruí-la. Ele despreza e ataca o casamento. Faz o mundo pensar que o casamento é desnecessário; uma coisa do passado. A Bíblia declara que o matrimonio deve ser venerado. Se a família for destruída, a sociedade inteira e as igrejas serão seriamente afetadas. A base da sociedade é a família. E a família começa com o matrimonio. Sempre foi assim.
AS INSTITUIÇÕES QUE DEUS CRIOU

Há três instituições na terra que DEUS criou: a família, a nação, e a igreja. Devemos servir a Deus como membros da igreja, que é o corpo de Cristo. Devemos obedecer as leis da nação. Romanos 13 ensina que as autoridades civis são "ministros" de Deus. As nações pertencem a Deus, Dan. 4:17.Devemos manter a família de acordo com os princípios da Bíblia. A família é a instituição mais antiga na terra, e foi Deus quem a instituiu.
JESUS DISSE QUE O MATRIMONIO É DE DEUS

Jesus reconheceu este fato quando disse que "desde o princípio da criação, Deus os fez macho e fêmea. Por isso deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á a sua mulher. E serão os dois uma só carne: e assim já não serão dois, mas uma só carne. Portanto o que Deus ajuntou não o separe o homem." Marcos 10:6-9. Jesus defendeu e aprovou o caso de Adão e Eva, como um casamento que veio de DEUS. Foi o único exemplo que Jesus citou sobre o casamento. É um casamento "feito no céu" ou aprovado, sim, por Deus. Não existia nenhuma igreja, nenhuma nação. Claro que não existia um cartório. MAS existia uma autoridade que não só estava de acordo com a existência da família, mas também era "responsável" pelo próprio casamento. Todo o casamento na Bíblia foi feito na presença da autoridade existente na época e/ou com a aprovação das famílias envolvidas.

Jesus mostrou sua aprovação desta maneira de casar-se quando ele assistiu as "bodas em Caná da Galiléia" com a sua mãe e seus discípulos. João 2:1-2. É claro que não se realizou no templo, (como o batismo também não foi feito no templo), mas foi feito com Jesus e seus discípulos presentes. As igrejas batistas não fazem casamento. Ninguém em nosso meio acredita que a igreja faz casamento. O casamento é feito na presença das autoridades da nação com a aprovação das famílias envolvidas, como no tempo da Bíblia, e a igreja pode ser uma testemunha do fato. Ela pode pedir as bênçãos de Deus sobre a formação de uma nova família, e naturalmente antes da união corporal. Se for um caso de sexo antes do casamento, a igreja não pode aprovar. Se não for feito no cartório, a igreja não pode aprovar. Como Jesus aprovou o casamento, também a igreja o aprova.
A POLIGAMIA CONDENADA

Deus não instituiu nem aprovou a poligamia pois criou uma só mulher para o homem. Se aprovasse a poligamia, teria criado duas ou mais mulheres para Adão, o que não fez. O primeiro casamento é o único caso que Jesus cita para ensinar o matrimonio e o divórcio. Isto é, o matrimonio deve se manter intato. Ninguém deve separar os dois. Por que? Porque foi DEUS quem fez o matrimonio. Os dois, (não três), são uma só carne. A presença de um terceiro seria uma separação dos dois, a dissolução da família original!

Deus permitiu mas não aprovou certas coisas nos dias em que a Bíblia não era completa. Atos 17:30 disse que Deus não teve em conta os tempos da ignorância. Passou por cima de certas coisas erradas até os dias de Cristo. Permitiu-as, mas não as aprovou! Quem quer provar que a poligamia é certa sempre cita estes casos no velho testamento. Em vez de citar estes, por que não cita Deuteronômio 17:17? Deus mandou Israel e seu futuro rei não multiplicar nem cavalos, nem mulheres! Foi justamente "nisto" que "pecou Salomão", Neemias 13:26. Suas mulheres eram estrangeiras. Isto também era pecado. Deus não aprovou a poligamia de Salomão. Quando os judeus voltaram do cativeiro, no tempo de Esdras e Neemias, por que Deus mandou os israelitas mandar embora suas mulheres estranhas? Esdras capitulo 10. Era pecado possuí-las. Em versículo 6, Esdras "estava anojado pela transgressão dos do cativeiro." Israel, para provar que estava arrependido, cerrou estas relações que eram contra a lei de Deus. Quando alguém se arrepende de fornicação, não continua nela.

Deus usou a santidade do matrimonio para expressar a união de Cristo e a sua igreja. Efésios 5:22-33. Grande ênfase é colocada na relação do marido e sua esposa. A poligamia destruiria o ensino que Cristo tem uma só esposa. As igrejas que são infiéis a Cristo são prostitutas espirituais.

Seria um passo atrás se a igreja aprovasse a poligamia. Em todas as terras e culturas onde o evangelho tem entrado, tem mudado o sistema dos pagãos de poligamia para monogamia. Não somos muçulmanos, mas cristãos!
UNIÃO SEXUAL NÃO É CASAMENTO

Bom é lembrar que Eva já era a mulher de Adão antes da união sexual. Gênesis 2:28 mostra que "Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra." Gênesis 2:24 ensina que Adão uniu-se com sua mulher. Já era a sua mulher, antes da união! O casamento foi feito quando Deus fez Eva e deu-a a Adão. Deus os abençoou. O ato sexual veio depois. É uma expressão do casamento, mas não é casamento. O casamento foi feito antes. Casamento não é acasalamento.

Em Gênesis 29 temos um caso importante. Jacó e seu tio, Labão, fizeram um contrato de casamento para Jacó e a filha de Labão, Raquel. Jacó serviu "sete anos por Raquel; e foram aos seus olhos como poucos dias, pelo muito que a amava. E disse Jacó a Labão: Dá-me minha mulher." Gên. 29:20-21. Labão enganou Jacó e deu-lhe Léia no lugar de Raquel. Depois de trabalhar mais sete anos, recebeu Raquel "por mulher," ver. 28. No tempo dos patriarcas, o casamento foi combinado pelos pais do casal. Em todos os casos de casamento no velho testamento, havia aprovação dos pais e/ou da sociedade. Havia um período de tempo do noivado. Se os dois se ajuntassem antes da aprovação dos pais e da sociedade, ou mesmo durante o noivado, o ato seria chamado fornicação, ou sexo antes do casamento! Foi chamado "doidice" e "loucura." Gên. 34:7; Deut. 22:20-21. Ora, se o ato sexual em si fosse o casamento, não seria mais doidice ou loucura. Não seria possível existir sexo antes do casamento. Paulo disse em I Cor. 7 que o homem deve casar para evitar fornicação. Logo não seria mais fornicação a prática de sexo antes do casamento, se a união corporal fosse casamento.

E o caso de José e Maria? Quando se casaram? "Estando Maria, sua mãe, desposada com José, antes de se ajuntarem achou-se ter concebido do Espirito Santo. Então José, seu marido, como era justo, e a não queria infamar, intentou deixá-la secretamente." Mat. 1:17-18. Ser desposada não quer dizer, necessariamente, casada. Eram noivos. Iam casar-se. José casou com Maria antes ou depois do nascimento de Jesus? Deus mandou que tomasse sua desposada mulher antes. "E José, despertando do sonho, fez como o anjo do Senhor lhe ordenara, e recebeu a sua mulher; E não a conheceu até que deu à luz seu filho, o primogênito; e pôs-lhe por nome Jesus." Mat. 1:24-25. Era casamento ou não?
O QUE DIZ A BÍBLIA?

Sexo sem obrigações sociais e morais não é legítimo. Ajuntar-se com uma prostituta não é casamento, mas é prostituição. Se fosse casamento não seria mais prostituição. Esta seria eliminada; não existiria mais. Seria casamento, simplesmente. Se um homem tiver relações sexuais com uma mulher antes do casamento, ele comete fornicação ou prostituição com ela. Isto é pecado; é chamado loucura e doidice na Bíblia. Se um filho nascer desta união, é ou não é bastardo? Por isso Deus tinha que dizer a José que o caso de Maria não foi prostituição ou adultério. Se o pai de Jesus fosse um outro homem qualquer, Maria seria adúltera. O filho seria um bastardo. Mas, vamos ver outras passagens da Bíblia:

1). I Cor. 7:1-2 - "Bom seria que o homem não tocasse em mulher; Mas, por causa da prostituição, cada um tenha a sua própria mulher, e cada uma tenha o seu próprio marido." Portanto prostituição é uma coisa; casamento é outra. O ato sexual é o mesmo. Deus não aprova prostituição nem adultério. Aprova o casamento. O ato sexual não é o casamento.

2). Hebreus 13:4 - "Venerado (reverenciado, respeitado) seja entre todos o matrimonio (casamento) e o leito (do casal) sem mácula; porém aos que se dão à prostituição e aos adúlteros Deus os julgará." Logo o casamento é diferente de prostituição e de adultério. O casamento é "sem mácula." A prostituição e o adultério merecem o julgamento de Deus! Ajuntar-se com uma prostituta é prostituição e NÃO casamento. Repito: o ato sexual no casamento é o mesmo praticado na prostituição. Deus APROVA um e condena o outro! Logo entendemos que o ato sexual não é casamento.

3). I Cor. 6:15-18 - "Não sabeis vós que os vossos corpos são membros de Cristo? Tomarei pois os membros de Cristo, e fa-los-ei membros de uma meretriz? (É certo um crente ter relações com uma meretriz?) Não, por certo. (Por que não? Porque seria prostituição.) Ou não sabeis que o que se ajunta com a meretriz, faz-se um corpo com ela? (Isto é, fica cometendo o mesmo pecado que ela comete). Porque serão, disse, dois numa só carne. (Quer dizer, que ficam iguais. São igualmente prostitutos. Ele participa do mesmo pecado que ela vem praticando). Mas o que se ajunta com o Senhor é um mesmo espirito. FUGI DA PROSTITUIÇÃO. (Aqui é a razão desta passagem; evitar e não participar de relações ilícitas mas fugir delas). Todo o pecado que o homem comete é fora do corpo (não envolve o corpo); mas o que se prostitui peca contra o seu próprio corpo." Seu próprio corpo pertence a sua esposa, como Paulo explica logo em seguida em I Cor. 7:4. Se ajuntar-se com a prostituta, está dividindo "os dois." Está pecando contra a sua esposa. É como o caso de adultério: "Qualquer que deixar a sua mulher e casar com outra, adultera contra ela," Marcos 10:11. Aqui é o homem que está pecando. Quem ajunta-se com uma meretriz participa com ela o seu pecado de prostituição. Neste sentido os dois estão juntos; igualmente errados mas não casados.

A mesma regra aplica-se a esposa que é infiel ao seu marido. Ela peca contra seu próprio corpo. Ela peca contra seu marido, seu casamento. É adúltera. "Se a mulher deixar a seu marido, e casar com outro, adultera," Marcos 10:12. Seria executada no tempo da lei, Ezeq. 16:38.

Paul explica em I Cor. 7:1-2 que o homem não deve praticar uma relação sexual ilícita (prostituição), mas deve ter "a sua própria mulher," isto é, casar se. Se o ato sexual fosse o próprio casamento, este versículo não teria sentido nenhum.

4). I Cor 7:9 - "Mas, se não podem conter-se, casem-se. Porque é melhor casar do que abrasar-se." Paulo está mandando os solteiros praticarem sexo antes do casamento? Não. Ele está reforçando a idéia no versículo 2, que o solteiro deve evitar fornicação através do próprio casamento! Deve casar-se e assumir a responsabilidade que vem com a família. Se o ato sexual fosse casamento, este versículo não teria sentido nenhum.

5). Gênesis 38 - Aqui é o caso de Judá que teve relações sexuais com sua nora, Tamar, que se fingiu de prostituta. Ficou grávida. Quando foi descoberto o caso, "deram aviso a Judá, dizendo: Tamar, tua nora, adulterou, e eis que está pejada do adultério." Judá ficou bravo. Quis executá-la. Mas caiu em si quando ficou sabendo que ele era o pai! Judá não se casou com Tamar. "E nunca mais a conheceu," versículo 26. Foi adultério; não casamento. No tempo da lei os dois seriam mortos. Lev. 20:12.

6). Deut. 22:23-27 - Leia cuidadosamente sobre dois casos de estupro. Inclui-se aqui o consentimento da mulher. Se ela não consentir, não tem culpa; não é executada. O estupro não estabelece uma relação permanente; não é casamento com o estuprador. Se nascer criança, a mãe cuida dela pois o estuprador é executado. Se ela consentir ou não pedir socorro, os dois são executados. Não há casamento.

7). Deut. 22:28-29 - No caso do homem que se deita com uma moça virgem não desposada, quando "forem apanhados, "dará dinheiro (o dote) ao pai dela "porquanto a humilhou," e ela "lhe será por mulher." Casam-se. Se o ato sexual fosse o próprio casamento, ela não precisaria casar com ele. Já seria casada. Aqui é um caso de sexo antes do casamento, que é uma vergonha, uma doidice, e o resultado deve ser casamento. O ato sexual não é o próprio casamento.

8). Êxodo 22:16-17 - Aqui é um caso de sexo antes do casamento. "Se alguém enganar alguma virgem, que não for desposada, (não tem ficado noiva) e se deitar com ela, certamente a dotará por sua mulher. (Tem que casar com ela; o sexo não os fez casados). "Se seu pai inteiramente recusar dar-lha (em casamento, pois não são ainda casados!), dará dinheiro conforme ao dote das virgens."

a. Logo podemos concluir que o sexo não é o casamento.

b. O sexo não estabeleceu uma relação permanente.

c. Sexo antes do casamento é errado.

9). Gênesis 34 - Leia o capitulo. É o caso de Diná, filha de Jacó.
É um caso de sexo antes do casamento. Ver. 2.
A moça foi contaminada. Ver. 5, 13, e 27.
O príncipe Siquem amou a moça depois do ato. Namorou-a.
Pediu ao pai dele para arranjar o casamento. Ver. 4.
Fazer sexo antes do casamento é doidice. Ver. 7.
"Não se devia fazer assim." Ver. 7.
O pai do moço pediu o casamento. Ver. 8.
O moço também pediu. Ver. 11.
Ver. 12 é claro que quis casar-se com Diná.
O contrato foi feito: os heveus iam casar com os israelitas. Praticariam a circuncisão. Ver. 14-24. E fizeram.
Fazer sexo antes do casamento não é casamento!
O CASAMENTO CRIA UMA NOVA FAMÍLIA

Gênesis 2:24 e Mat. 19:5 ensinam que o homem deixa sua família e "apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne," ou uma nova entidade, uma nova família. Não é certo o homem levar a sua esposa para a casa dos seus pais. Há exceções, mas a regra geral é esta. Ele agora é chefe de uma nova família. "Ambos serão uma carne" mostra que são "co-herdeiros da graça da vida," I Pedro 3:7.

I Pedro 3:1, I Cor. 11:2 e Efés. 5:22-23 mostram que a mulher é sujeita ao próprio marido. Ela é sujeita só ao seu próprio marido e não ao sogro ou seu pai ou outro homem. Faz parte da formação de uma nova família.

I Pedro 3:7 e Efés. 5:25,28-31 ensinam que o homem deve amar sua mulher como seu próprio corpo; como Jesus ama a igreja. Deve viver com sua mulher com "entendimento, dando honra à mulher." O corpo dela é dele; o corpo dele é dela. Os dois são um só. "Por isso deixará o homem seu pai e sua mãe, e se unirá a sua mulher (Porque casou-se com ela!) e serão dois numa carne. Assim também vós cada um em particular ame a sua própria mulher como a si mesmo, e a mulher reverencie o marido," Efés. 5:31. Eles são uma nova família.
CASAMENTO É PERMANENTE E EXIGE FIDELIDADE

Em todas as passagens bíblicas que tratam de casamento, a ênfase é da sua permanência. Na criação da família em Gênesis 2:23-24, Deus disse que "serão ambos uma carne." Jesus citou este caso em Mat. 19:3-9, Marcos 10:2-12 e disse: "Portanto o que Deus ajuntou não o separe o homem." Ninguém deve ser culpado de destruir a família, de separar um marido da sua esposa. O matrimonio deve ser mantido a todo custo. Casamento dura até a morte de um dos cônjuges. Romanos 7:1-4 ensina que a pessoa pode casar-se de novo se o outro morrer. Se ajuntar com o outro durante a vida do seu cônjuge, comete adultério. Estaria casado com dois duma vez (o que é errado), e destruiria a família. Também destruiria o argumento de Paulo sobre nossa morte para a lei pelo corpo de Cristo! Não estamos casados com a lei mas com Cristo. Cristo pôs fim à lei. Cravou-a na cruz. Não estamos debaixo dela. Ela morreu. Ficamos livres dela. Se a mulher casar-se com um outro homem enquanto seu marido está vivo, é adúltera. Destruiu o casamento. E "qualquer que casar com a repudiada comete adultério." Mateus 5:32. Por que? Porque ela é do primeiro. Igualmente, se o homem casar-se com uma outra mulher enquanto sua esposa vive, é um adúltero. "Qualquer que deixar a sua mulher e casar com outra, adultera contra ela. E se a mulher deixar a seu marido, e casar com outro, adultera." Marcos 10:11-12. É fácil ver aqui que o que vale para um vale para o outro! De qualquer maneira a família seria desmanchada, desfeita, destruída.

Por esta razão, Jesus ensinou que a única razão de repudiar o outro cônjuge é fornicação. Se o homem repudiar a sua mulher por qualquer outra razão "a não ser por causa de prostituição, faz que ela cometa adultério," se ela casar com outro, e "qualquer que casar com a repudiada comete adultério." Mat. 5:32. Por que? Porque ela ainda pertence ao seu marido.

Paulo tratou deste assunto em I Cor. 7. Quando fala dos solteiros e viúvos, faz "por permissão e não por mandamento," ver. 6. Ele fala segundo o seu "parecer," tendo o Espírito Santo. "Quanto às virgens, não tenho mandamento do Senhor," ver. 25. Mas quando fala dos casados, diz, "mando, não eu mas o Senhor," ver. 10. Disse que "A mulher casada está ligada pela lei todo o tempo que o seu marido vive; mas se falecer o seu marido. fica livre para casar com quem quiser, contanto que seja no Senhor," ver. 39. Não há razão nenhuma para limitar este princípio à mulher. O homem está ligado a sua esposa todo o tempo que ela vive. Se ela morrer, ele está livre para casar-se de novo. Mas se casar-se durante a vida dela, está cometendo adultério. Tanto o marido como a esposa são "co-herdeiros da graça da vida." Todas estas passagens ensinam a permanência do matrimonio, e que a única coisa que desfaz o casamento é a morte. No caso de um que se aparta do outro, Deus manda "que a mulher se não aparte do marido," ver. 10. E "se apartar, que fique sem casar, ou que se reconcilie com o marido," ver. 11. Acha que este principio é somente para a mulher? Não, porque Paulo continua dizendo, "e que o marido não deixe (não abandone) a mulher." Marcos 10:11-12 menciona tanto o marido como a esposa!

Lucas 16:18 também ensina que "Qualquer que deixa sua mulher, e casa com outra, adultera; e aquele que casa com a repudiada pelo marido adultera também." O homem deixa a sua mulher. Ela fica abandonada, sem sustento, sem abrigo, sem marido. Ele se casa com a outra. Comete adultério. A esposa dele casa-se de novo. O segundo homem dela comete adultério. Por que? Porque o marido dela está vivo. Perante Deus ela pertence ao primeiro marido. É claro que ela também comete adultério, se ajuntar ao outro, mas esta passagem fala do homem que se ajuntar com ela. Jesus disse que "aquele que casa com a repudiada" comete adultério. Esta é a mesma idéia que achamos em Mat. 5:32. Se o homem repudiar a sua mulher, a não ser por causa de prostituição, faz que ela cometa adultério." Se fosse por prostituição, ela já seria culpada de adultério! Mas se ele a repudiar por outra causa qualquer, ela acaba ajuntando-se com um outro. Isto é adultério. Assim o homem faz a sua mulher cometer adultério. E neste caso, o homem que ajuntar-se com ela (a repudiada) também comete adultério porque ela é casada.

Deus quer que a família continue unida. Ele detesta divórcio. Mal. 2:14-16. Não quer que ninguém fique "desleal para com a mulher da sua mocidade."

Deus manda que ninguém se aparte do seu "co-herdeiro da graça da vida," I Cor. 7:10-11. Se um abandonar o outro, como é que faz? "Fique sem casar, ou que se reconcilie.." Reconciliação é possível? Sim. Deus manda que seja feita! Leia cuidadosamente o capítulo inteiro de Ezequiel 16. Deus e Israel eram casados. Israel se tornou infiel, como uma meretriz pior que Samaria ou Sodoma. Foi abandonada por Deus, mas não permanentemente. Um dia Deus vai recebê-la de volta, arrependida. O mesmo Deus que escreveu Deut. 24 também tem graça e misericórdia maior que a LEI. (Cuidado com a lei! Vamos usar Deuteronômio hoje para todo o nosso comportamento? Se aceitamos uma parte e não tudo somos incoerentes, errados). Vamos apedrejar o estuprador, ou o adúltero?

O errado será perdoado somente se arrepender se. A mulher adúltera em João 8:1-11 estava errada. Merecia morrer. Jesus era inocente do pecado; podia acusá-la. Ele não pediu a sua morte. "Nem eu também te condeno: vai-te, e não peques mais." Quando o errado, o infiel se arrepende e pede perdão, vamos aplicar a lei ou a graça? Vamos perdoar? E a pessoa errada: vai continuar no pecado? Não. Vai ser como o caso em I Cor. 5 e II Cor. 2. O homem cometeu fornicação. Como? Estava vivendo com a mulher de seu pai. Paulo manda que aquele "que tal ato praticou" seja excluído, tirado da igreja. Não podemos aprovar fornicação. Ver. 10 disse que não nos devemos associar com um irmão "devasso," isto é, fornicário. A igreja excluiu o homem pela votação da maioria (não é necessária a unanimidade), e depois ele se arrependeu. Voltou à igreja arrependido, e Paulo manda que seja recebido, consolado, confirmado! Por que? Deixou a relação ilícita. Parou de morar com a mulher do seu pai. Temos que deixar bem claro que amamos o pecador mas aborrecemos o pecado. Através de arrependimento a reconciliação pode ser feita. "Para que te lembres, e te envergonhes, e nunca mais abras a tua boca, por causa da tua vergonha, quando me reconciliar contigo de tudo quanto fizeste, diz o Senhor JEOVÁ." Ezequiel 16:63.

Autor: Pr. Steve H. Montgomery