Pai querido, não afaste a tua face de nós

temos nos desviado de tua presença

rejeitado Teu abraço

nos fazendo surdos da Tua Palavra

Apieda-te do teu povo

dai refrigerio aos corações sofridos

consolai os que tudo perderam

e desolados levantam a Ti olhos em lágrimas

boca em pranto, uma prece gemida.

Deus de misericórdia, derrama de Tua graça

e favor em prol dum povo sofrido

Sabemos que está escrito todas essas dores

Más Amado Pai

Tens poder pra aplacar a dor

Senhor, Aleluia, entendo que sofres ó Deus

vendo Teus filhos perderem-se

ouvindo clamores de mães

e filhos órfãos

Amado Deus, vem com socorro

a todos que não o conhece

mas clamam

Deus querido

em nome do Teu amado filho Jesus 

escutai-nos e apresa-te em socorrer-nos.

por misericórdia.

Amém.

Japão Terremoto seguido de Tsunami e o Fim dos Tempos?

Sinais dos tempos, acomodação das placas tectônicas ou o que estará acontecendo com o planeta?

Estudando a Biblia a Respeito do Tsunami e o Terremoto no JapãoFomos surpreendidos na manhã desta sexta feira (11/03/2011) com as imagens exibidas pela mídia internacional, mostrando os efeitos do terremoto que atingiu 8.9 graus na escala Richter, seguido de um Tsunami que pode se estender por toda costa oeste americana . 50 países já foram notificados da possibilidade do tsunami percorrer também a costa da América do Sul podendo chegar até ao Chile. Um outro problema que está sendo esperado são as réplicas, ou reflexos tardios decorrentes do terremoto ocorrido.
As imagens são de fazer chorar, um mar de carros e embarcações são levados como se fossem de papel ou plástico, e dentro deles pessoas de ponta cabeça lutando para não se afogar, tentando sem êxito sair dos carros. Os deslocamentos das placas geológicas criaaram esse fenômeno conhecido pela população japonesa, mas não se esperava que chegasse a essa magnitude, e que se estendesse por toda costa asiática, costa oeste americana, passando pelo Havaí, Rússia,e pela costa da America Latina incluindo a Colômbia , Peru e Chile.
As áreas mais atingidas no Japão foram as cidades de Tókio, Nagoia, Kendai, Mito, Iwate Pref. e Sendai. Uma importante Petrolífera foi atingida pelo fogo e continua queimando, uma usina Atômica teve que ser desligada, para não correr o risco de vazamento tóxico . Com os efeitos da Tsunami a energia elétrica foi desligada em muitos lugares, as redes de telecomunicações estiveram completamente congestionada, restando a internet como um canal disponivel para as comunicações internas e externas.
Os transportes públicos também foram interrompidos na maioria das cidades, o Metro desligado,os transportes ferroviário não operaram na maioria das cidades atingidas pelo Tsunami, causando intensa intranquilidade nessa madrugada de sexta feira no Japão.
Por acaso, parece que essas catástrofe sucessivas sejam uma simples fatalidade? A Tsunami de 2004 na Indonésia, O Katrina nos Estados Unidos, O terremoto do Chile ano passado, Os dilúvios nas serras do Rio de Janeiro e em vários países da América Latina e agora o Terremoto no Japão seguido do maior Tsunami dos últimos cem anos; isso não pode ser só coincidência.
Algo está acontecendo com o planeta? Não será uma reação da natureza aos intermináveis desmatamentos, às escavações petrolífera em águas profundas atingindo quilômetros de profundidade, indiferente ao equilíbrio ambiental, à fauna e a flora marinha?
A terra já não pode respirar, impermeabilizada não consegue absorver a água, causando as intermináveis enchentes como se vê em São Paulo a cada final de semana. Ferida clama por socorro e ninguém escuta, nega os frutos e é entupida de agro tóxicos e fertilizantes ameaçadores para poder produzir mis e mais.
Sem floresta expulsa seus animais para as sacadas dos prédios para serem tratados como aves e bichos de estimação, cortada por estradas mal planejadas vê seus bichos serem atropelados todo os dias, e ninguém toma providencia. Parece que isso é normal e que não haverá conseqüências.
A mordomia da terra está por um fio, defender o planeta sugerindo uma agenda que não iniba o crescimento, mas que valorize o meio ambiente, é mais do que necessário e urgente. Também é importante dizer, que a Escatologia está na ordem do dia, e não só a Economia. A revelação dos últimos tempos apresentada pelos registros bíblicos , falam de descontrole nos elementos, terra, céu, lua, estrelas.
O presente descontrole da natureza é um sinal que não se pode ignorar. Antes que o último dia chegue e o retorno de Jesus se efetive surpreendendo os desavisados. Que os últimos eventos da natureza, sejam um grande alerta, para que cada um conserte a sua vida com Deus, restaure o seu altar e esteja preparado para o retorno do Grande Rei, seja quando for, seja como for, que estejamos preparados para ouvir o toque da trombeta, chamando os santos para as bodas do Cordeiro.
Não diga que ninguém te avisou, que o alarmante aumento da criminalidade, das drogas, o descaso dos próprios religiosos com a ética e os valores do Reino de Deus, não te pareceu suspeito. Essas disfunções apontam para um tempo de nominalismo crescente, de fé descendente, da valorização da rotina e pouquíssimo empenho em cumprir a Grande Comissão. Por isso e por muito mais, vamos cuidar da vida como um todo, corpo, alma e espírito; enquanto há tempo, enquanto há esperança.
Autor: Rev. José Magalhães Furtado
Fonte www.estudosgospel.com.br



A Religião na Futura Civilização Global


         Li na revista "The Futurist":
         O centro de qualquer civilização é sua cultura, e o cerne da cultura é a religião. Mais do que qualquer outro fator, a religião infunde na cultura um senso de percepção da realidade no mais amplo sentido da palavra, oferecendo explicações sobre as origens do Universo e dando significado à história e ao lugar que a humanidade ocupa nela. A religião define a natureza do bem e do mal e cria imagens de recompensa e punição na vida após a morte.
         Não há uma religião dominante entre as 6,5 bilhões de pessoas que vivem atualmente na terra. No presente, a população global é dividida numa variedade de culturas originárias de múltiplas raízes religiosas. Apesar das centenas de religiões que existem em todo o mundo, aproximadamente 75% da população do planeta segue somente cinco das mais influentes religiões em termos de impacto global: cristianismo (2,1 bilhões), islã (1,3 bilhões), hinduísmo (900 milhões), budismo (360-376 milhões) e judaísmo (14-20 milhões). O cristianismo e o islã são encontrados em mais regiões do que todas as demais religiões. Juntos, eles englobam mais da metade da população mundial. Acrescente o hinduísmo, e duas dentre cada três pessoas no mundo pertencem a apenas três grandes tradições espirituais. Claramente, a religião é uma das maiores forças a impulsionar o futuro.
          Isso significa que o processo de globalização, movido por forças tecnológicas, econômicas e políticas, tem que se integrar e enraizar nas diversas culturas do mundo. Como a religião se encontra no coração da cultura, isso sugere que o mundo fragmentado de religiões diversas, que permaneceu latente mas reemergiu no final da Guerra Fria, produzirá uma aldeia global fragmentada durante o século XXI, a não ser que as comunidades religiosas encontrem um caminho para avançar além dos seus antagonismos históricos. Como isso poderá ser feito?
         Qualquer um que pesquisar as religiões mundiais em busca de uma base comum encontrará, cedo ou tarde, visões de mundo praticamente irreconciliáveis. As suposições contrastantes que as religiões asiáticas e abraâmicas fazem a respeito da realidade final – que Deus e o Universo são um (hinduísmo) ou que Deus e o Universo são separados (cristianismo e islã), que há múltiplos deuses (hinduísmo e xintoísmo), que Deus não existe (budismo) – impedem a possibilidade de uma síntese conceitual.
         Resumindo, uma visão de mundo comum entre as religiões asiáticas e as originárias do Oriente Médio, que poderia servir como fundamento para trazer maior paz à aldeia global pluralista, ainda não existe. Se bem que tal visão de mundo comum poderá emergir em algum momento futuro, essa possibilidade continua tendo baixa probabilidade de realização. (The Futurist, 10/2006, p. 30)

         Reproduzimos apenas uma parte desse artigo que foi publicado na revista The Futurist para mostrar que a religião é divisiva. Fundamentalmente, as religiões têm conceitos e visões de mundo. Percebemos que esses estudos indicam o claro desejo de reconciliação em nível terreno por parte do ser humano. Portanto, o autor do artigo pergunta com razão: “ Como isso poderá ser feito?” De acordo com as profecias bíblicas, a unidade mundial, particularmente religiosa, será alcançada em nível econômico. A respeito, temos de ler Apocalipse 18.3:
“Pois todas as nações têm bebido do vinho do furor da sua prostituição. Com ela se prostituíram os reis da terra. Também os mercadores da terra se enriqueceram à custa da sua luxúria”.  Apocalipse 18.3

        Esse versículo refere-se ao engano religioso, revelado nas palavras “vinho” e “prostituição”, e a economia global, “os mercadores da terra [que] se enriqueceram à custa da sua luxúria”. Em outras palavras: a economia global forçará a união das religiões. Sem dúvida, o “igrejismo” (o cristianismo nominal), a maior religião e fatia populacional mais próspera, será o fator dominante.
         O budismo e o hinduísmo já penetraram efetivamente no “igrejismo” através da yoga, das artes marciais e de várias formas de meditação. Neste momento, o maior obstáculo parece ser o islã, apesar dessa religião, aparentemente, apresentar pontos comuns com o cristianismo e o judaísmo.
         O autor do artigo citado prossegue em seu texto: “Até 2025, o exclusivismo aumentará. Entre 2025 e 2050, o pluralismo o substituirá gradualmente”. É claro que o período indicado é puramente especulativo, mas o pluralismo está definitivamente na moda e, no final, vai alcançar todo o globo, levando ao cumprimento de Apocalipse 13.8: “e adorá-la-ão [a besta] todos os que habitam sobre a terra...”

Autor: Arno Froese
 

 Ao Japão e a todos que sofremminha solidariedade, meu coração contrito. Valquiria Calado

5 comentários:

Solange disse...

feliz semana pra vc..
tudo sempre lindo aqui..

bjs.Sol

Terê. disse...

oi que linda prece, que Deus nos ouça, amém...bju terê.

sonho disse...

Que Deus te...nos ouça;)...
Beijo d'anjo

M. disse...

Já tinha saudade de te ler:)

Sabes (me) bem...

Simone Martins2 disse...

Obrigada pela sua visita e dicas...amei e vou tentar ajustar meu blog. a minha cara...rsrsrs...estou aprendendo sozinha e nao sei quase nada para dar esse toque feminino, mas vou aprender...estou te seguindo, gostei do seu blog, nos transmite paz interior e faz aumentar a fe que tenho em nosso Senhor....bjin e fique com DEUS!!