FELIZ NATALIDADE COM JESUS


Recados Online

Porque um Menino nos nasceu, um Filho se nos deu; o governo está sobre os Seus ombros; e o Seu nome será: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz. Isa. 9:6.

Príncipe da Paz
Jesus é muitas vezes chamado o Príncipe da Paz, mas incontáveis guerras têm sido paradoxalmente travadas em Seu nome durante os últimos dois mil anos.

Havia uma estrela de prata pendurada na Igreja da Natividade, em Belém, sobre o suposto local do nascimento de Jesus. Visitei essa gruta em 1959, quando participei de uma excursão pelas terras bíblicas. Vi uma estrela feita no chão, sob a manjedoura. Mas não pude ver nenhuma estrela de prata pendurada. Mais tarde fiquei sabendo que havia uma estrela, sim, mas que havia sido removida uns cem anos antes.

Em 1853 aquela estrela se havia tornado o foco de uma discussão que causou, em pouco tempo, a Guerra da Criméia. Tudo começou quando um clérigo da Igreja Ortodoxa Oriental decidiu substituir a estrela por uma outra da própria igreja. O clérigo do rito latino discordou. O primeiro era apoiado pela Rússia: o segundo, pela França. Quando a Turquia se colocou ao lado da França, a Rússia foi à guerra contra a Turquia. A França, a Grã-Bretanha e a Sardenha, por sua vez, declararam guerra contra a Rússia. A guerra durou três longos anos e resultou em dezenas de milhares de soldados mortos e feridos. Por fim, os aliados venceram. O lado irônico do fato é que a estrela de prata, o centro da contenda, foi retirada permanentemente dois anos depois da guerra, mas deixou um legado de má vontade que durou muito tempo.

Você já parou para pensar por que Cristo tem sido tão freqüentemente ligado à guerra e ao derramamento de sangue, quando Ele é o Príncipe da Paz? Não é Cristo que causa essas guerras. Elas são causadas por indivíduos que professam ser Seus seguidores (ver S. Tiago 4:1 e 2), mas aparentemente nunca experimentaram, e portanto não revelam por suas ações, a paz da qual Jesus é o príncipe (ver S. João 16:33).

Esta é a época do ano em que os pensamentos de muitos se voltam para o nascimento do Príncipe da Paz. Que seja também o tempo em que os seus e os meus pensamentos se voltem para Ele. Que Jesus nasça outra vez no seu coração e que você experimente sempre a paz que Ele oferece - a paz "que excede todo o entendimento". Filip. 4:7.


Anjo que caiu neste mundo,
Para trazer a flor da paz,
Para adormecer a criança triste,
  Chorando aos braços da mãe,
Vendo o sangue derramar.
Pobre criança,
Não chore,
Pois estou aqui para acalmá-la
vim trazer a flor da paz,
Para que todos esqueçam da tristeza,
  E só chorem de felicidade,
  E continue tendo o amor que há,
Fazendo com que a tristeza que nos dá,
faça com que não percebamos,
Que há guerra,
  Mas que pensemos que há amor, paz, alegria,
Pois com tudo isso podemos fazer com que tenhamos,
Um mundo sem guerras, e violência.




             Este mesmo mês vos será o princípio dos meses; este vos será o primeiro dos meses do ano
(Êxodo 12:2)

NOVO ANO, NOVO COMEÇO

É apropriado para os primeiros dias do ano abrirmos este devocional falando sobre o começo de um novo ano. O versículo acima deveria ser o começo de uma era completamente diferente, na qual a contagem do tempo seria alterada. Mas qual evento revolucionário originou essa mudança?
Deus estabeleceu um recomeço para os israelitas. Por séculos, os descendentes de Abraão, Isaque e Jacó foram submetidos à escravidão no Egito. Agora Deus estava prestes a libertá-los e conduzi-los à terra prometida.
Da opressão à liberdade, do medo à segurança: um novo começo com Deus. Esse era um dia que realmente merecia ser lembrado. Marcava o início da história de Israel como o povo terreno de Deus.
Mas há muitos mais. No versículo 3 lemos: “Aos dez deste mês tome cada um para si um cordeiro”. Esse era o ponto central do novo começo. Esse fato apontava para o Senhor Jesus Cristo, cuja morte sacrificial na cruz iria trazer um início ainda mais radical, não apenas para uma nação, mas para toda a humanidade que, desde então, está convidada a compartilhar dele.
Portanto, esse novo ano pode ser um ano de liberdade interior e verdadeira segurança para todos – um ano sob a benção e orientação de Deus. O Senhor não prometeu que os meses vindouros transcorreriam sem dificuldades, mas prometeu estar conosco em todas as circunstâncias que enfrentamos. Por isso em Suas mãos estamos seguros e salvos.
A promessa de Deus se aplica a todos os que desejam começar de novo sob Seu senhorio e que pertencem a Ele e à Sua nova criação pela fé no Senhor Jesus Cristo. “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo” (2 Coríntios 5:17).


 
                                                Eu quero a Paz, a grande Paz
da Lua sozinha no céu.
A paz sem a menor lembrança,
a paz de quem nunca viveu.
A Paz que reina nos domínios
onde não há musgos nem germes.
E não há sulcos nos caminhos.
E há seiva debaixo da neve

A Paz sem devaneios, dentro
dos seus nítidos horizontes.
A Paz dos cristais no silêncio
sem nenhuma idéia de som.
A Paz que precedeu as sombras,
a que antes das tréguas nasceu.
A que nos tempos não se encontra,
a que foi desejo de Deus.
Eu quero a Paz com perfeição
de flor e orvalho, eu quero a Paz
ao alcance das nossas mãos,
com a substância e as cores do nácar.
Porém eu quero a Paz acima
de qualquer sopro humano- ou mácula.
Com delicadezas de vime
guardada de todo contato.
Assim como a Lua sem noite
e sem espaço, de tão leve,
miragem que se desvanece
em frente ao anjo anunciador.

A Lua sem anjo ou demônio,
alheia aos mares que descobre
no caminho da solidão
para lá da vida e da morte.
Eu quero a lua toda pura,
a lua sem vendas nos olhos.
Enquanto a Terra em febre esta,
a Lua completa- e não cora.

Fonte: Mensagens e Poemas

FELIZ SEJA  A PAZ ENTRE OS HOMENS DE BOA VONTADE
ESTA É A VONTADE DO PAI

12 comentários:

Lolis disse...

Lindos Posts, Valquíria.
È uma pena que Jesus esteja sempre no meio da guerra, sendo que é a ultima coisa que ele deseja para nós!
Lindo blogue!
Muita paz e amor para si!
bjus

Ingrid disse...

Valquiria,
a esperança é de dias em que o Homem seja mais e melhor no amor de nosso Pai maior..
belas palavras e imagens..
eijos querida amiga..
boa semana em Deus..

ONG ALERTA disse...

Deus nos deu a vida e o homem que náo sabe dar o devido valor, beijo Lisette.

Everson Russo disse...

Temos que abrir as portas do nosso coração para que esse Principe da Paz entre e ali faça morada eterna...beijos de boa semana pra ti.

Mgomes - Santa Cruz disse...

Valquiria: Lindos textos e lindos poemas, Jesus está sempre no meio de nós o coração dos homens a que são de pedra e não ouvem a voz de Deus se ouvissem este mundo seria um mundo belo e com toda a gente feliz e não haveriam guerras em nome de Deus Deus paz quer a paz para todos e não guerras,
Beijos
Santa Cruz

O Árabe disse...

Bem observado, amiga: quantas guerras trava o homem, em nome dAquele que veio ensinar o Amor e a Paz. :( Boa semana, belo post!

poetaeusou . . . disse...

*
Malditos,
os que clamam
o seu nome em vão, verdadeiros
vendilhões do Templo,
enganando os pobres de espirito !
,
conchinhas,
,
*

Dora Regina disse...

O desejo de Deus é que os homens vivam em paz, em harmonia. A paz não é algo que depende não só de uma pessoa, a paz é uma decisão conjunta.

Se for possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens.
(Romanos 12, 18)

Fique na paz amiga.
Um grande abraço!!!

São disse...

Ai de vós , fariseus!

Cegos guiando cegos!

Que sejam seguidos os ensinamentos de Jesus assim como os que , de outra maneira, trilham os mesmos caminhos de paz e compaixão!

Um feliz 2011 desejo

Malu disse...

Valquíria,

Muito bela e reflexiva mensagem.
É uma pena que usem o nome de Deus
pra justificar tantas barbáries .



Bjo e uma Noite de Paz.

Everson Russo disse...

Beijo carinhoso de bom dia pra ti querida...

Jôse Lopes - disse...

Oww Valquiria, amada. Obrigada! Também sinto saudades dos meus contatos qundo eles se vão. beeijos e volte lá mais vezes, vou te visitar sempre, seu Blog é apaixonante e fala de um amor maior. Tudo de melhor pra tí e familiares.