Nome:
QUANDO DEUS CRIOU ADÃO E EVA, DEU-LHES UM ÚNICO NOME. POR QUÊ?


Clemente de Alexandria (150-215) foi um ensinador das Escrituras muito culto, um exímio defensor da fé cristã. Nasceu em Atenas, e após converter-se ao cristianismo, viajou em busca das lições dos melhores mestres da teologia residentes na Itália, na Síria e na Palestina. Após um longo período treinando a dialética (a arte de discutir e usar argumentos lógicos), estudando as Escrituras e lendo as obras dos maiores teólogos do seu tempo, Clemente acumulou muita informação útil ao crente, e desenvolveu argumentos inteligentíssimos para usá-los tanto em suas aulas de teologia quanto em suas atividades evangelísticas. O historiador Eusébio de Cesaréia disse que, entre os teólogos cristãos, Clemente era o mais culto e perspicaz mestre de filosofia; e Jerônimo, o eruditíssimo biblicista, afirmava que entre os Pais da Igreja, ninguém superava Clemente em cultura sólida e diversificada. Ainda teremos muito o que falar sobre os escritos riquíssimos, as descobertas de novidades no texto bíblico, as "pérolas de exegese", e a teologia ampla e sólida de Clemente de Alexandria.
Porém, e por enquanto, brindaremos o leitor com uma observação perspicaz que o grande teólogo ateniense fez sobre o único nome que Deus deu ao primeiro casal, e porque deu esse único nome. Eis o texto de Clemente:

“Quando Deus criou Adão e Eva, diz a Palavra de Deus que: 'Macho e fêmea os criou; e os abençoou, e chamou o seu nome Adão, no dia em que foram criados' (Gn 5.2, [conforme Almeida Revista e Corrigida. O texto da Almeida Revista e Atualizada, diz: 'homem e mulher os criou, e os abençoou, e lhes chamou pelo nome de Adão, no dia em que foram criados'.]).
Adão e Eva eram duas criaturas diferentes. Por que Deus então não lhes deu dois nomes também diferentes, e sim o mesmo nome, 'Adão'?
Porque Deus os havia casado, e quando é Deus quem faz o casamento, ambos os cônjuges tornam-se realmente uma só carne, ambos passam a ter um só nome, o mesmo nome. Antes que Deus criasse Eva, só existia Adão. Mas depois que da costela de Adão Deus criou Eva, Adão foi dividido (Gn 2.23): 'E disse Adão: Esta é agora osso dos meus ossos, e carne da minha carne: esta será chamada varoa, porque do varão foi tomada'. E o que era um só indivíduo, tornou-se dois. Mas Deus os casou (Gn 2.22,24), e as duas pessoas distintas foram reunidas e tornaram-se uma só carne, e Deus os chamou de Adão, dando aos dois um só nome.”
Jefferson Magno Costa



8 comentários:

Pérola disse...

Vim te deixar um beijo e lhe dizer que o seu blog transborda paz.
Beijo grande.

Baby disse...

Concordo com a Pérola, aqui respira-se paz!
Que o teu fim de semana seja abençoado por Deus e te sintas verdadeiramente feliz.
Beijo.

Magia da Inês disse...

♥♥♥ Olá!!!
✿ ܓܓ ✿Passei para ler e encontrei esse bele texto.
♥ܓܓ ✿ Boa semana!!!
♥ܓܓ Muita paz!!!
♥♥♥ Beijinhos.
✿Itabira
Brasil♥♥♥

C Valente disse...

Gostei de aqui passar e deixar as suadações amigas
Bom domingo

Mgomes - Santa Cruz disse...

Valquiria: Lindo texto, adorei não vou fazer grande comentário, sobre Adão e Eva, apenas quero dizer que tudo que Deus Criou é muito belo.
Beijos
Santa Cruz

Thiago disse...

Olá Valquiria!

Muito bom o texto! Interessante a história de Clemente, não conhecia. Bom saber que ainda tem pessoas que valoriza a moral e preza pelo divino.

Um abraço!

Thiago

Malu disse...

"Se não liberamos o perdão,
o teor da amargura e do ressentimento,
afetará o organismo impedindo de funcionar com êxito"

Que grande verdade encontrei aqui, Amiga.
Sempre bom ler as postagens que semeias.
Abraços cheios de PAZ

Daniel Savio disse...

Separados e depois reunidos, mas sempre queremos manter a individualidade...

Fique com Deus, menina Hanukká.
Um abraço.